STF disponibiliza a Livraria do Supremo

CRM: Customer Relationship Management – A estratégia
29 de maio de 2017
Rest Recorte Eletrônico Integração Jurídica
REST: Novidades para seu Informador Jurídico Recorte Eletrônico
29 de maio de 2017
livraria-do-stf-supremo

STF: Baixar, comprar, adquirir, essas são algumas das funções disponíveis na Livraria do Supremo, confira aqui.

A Suprema Corte Brasileira tem um novo portal.  Lançada segunda-feira (8/5/2017), o portal da Livraria do Supremo, através de uma interface bem planejada, possui o intuito de aprimorar o saber jurídico de advogados e promotores.  A biblioteca virtual dispõe de diversos títulos que vão desde o Regimento Interno até informativos do STF.  Coletâneas de Jurisprudência são mais volumes que contemplarão advogados de diversos ramos do Direito. Para a coordenadora de Divulgação de Jurisprudência do STF, Juliana Cardoso a atitude garante igualdade: “Informação de qualidade acessível a todos.  Esse é o propósito da nossa livraria”.

Além da exposição de diversos títulos, a biblioteca garante a exposição em diversos formatos para download.  Para ler um artigo em um computador, o usuário pode baixar os livros em extensão .PDF.  Caso a leitura seja feita em leitores digitais ou tablets, baixar o arquivo em .EPUB é a melhor opção. Para Kindle, o formato .MOBI também estará disponível. Garantindo igualdade, também foram disponibilizados volumes em .MP3, para aqueles que possuem algum tipo de deficiência visual.  Os livros também podem ser encomendados, o que torna o material pago.  O custo é destinado a impressão do livro e ao frete.

A Constituição e o Supremo, Regimento Interno do STF, Constituição Federal de 1988 e a Revista Trimestral de Jurisprudência (publicada desde 1957), esses são apenas alguns dos volumes disponíveis na biblioteca que estão recebendo um acesso massivo.  O prédio físico da livraria se localiza em Brasília, na Praça dos Três Poderes, Térreo do Anexo II-B do Supremo.  O horário de funcionamento é de segunda a sexta das 12h às 17h.

Fonte: http://www.amodireito.com.br/2017/05/livraria-do-supremo-tribunal-federal.html

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: